• Principal
  • Notícia
  • Menos americanos planejam assistir à inauguração este ano do que em 2009

Menos americanos planejam assistir à inauguração este ano do que em 2009

Cerca de metade dos americanos (46%) afirmam que planejam assistir Donald Trump fazer o juramento presidencial na sexta-feira, enquanto 51% dizem que não pretendem assistir à posse.

O interesse na posse de Trump é menor do que na primeira posse de Barack Obama em 2009, quando dois terços dos americanos (67%) disseram que planejavam assistir. Também é menor do que na primeira posse de Bill Clinton em 1993, quando 57% disseram que pretendiam assistir. (A pergunta não foi feita quando George W. Bush assumiu o cargo em 2001.)

Há uma grande lacuna partidária sobre os planos para assistir à inauguração, de acordo com uma nova pesquisa do Pew Research Center, conduzida de 4 a 9 de janeiro com 1.502 adultos. Cerca de sete em cada dez republicanos e independentes com tendências republicanas (69%) dizem que assistirão ao evento, em comparação com apenas 30% dos democratas e dos democratas.

Apesar de seu apoio geral ao presidente eleito e seus planos, os republicanos estão menos entusiasmados em assistir à posse de Trump do que os democratas em assistir à posse de Obama há oito anos (69% dos republicanos hoje, em comparação com 84% dos democratas em 2009).

Os republicanos também estavam mais interessados ​​em assistir à posse de Obama em 2009 do que os democratas em assistir à de Trump esta semana. Em 2009, quase metade dos republicanos e adeptos republicanos (47%) planejavam assistir Obama fazer o juramento de posse.

Mesmo que lhes fosse oferecido um ingresso para a posse, muitos americanos dizem que não compareceriam, como foi o caso da posse de Obama em 2009. Apenas 39% dos americanos dizem que compareceriam à posse deste ano se recebessem um ingresso; 43% disseram que fariam em 2009.



Talvez não seja surpreendente que o interesse dos americanos em comparecer à posse nesta semana se enquadre nas linhas partidárias: enquanto 65% dos republicanos e adeptos republicanos dizem que compareceriam se fosse oferecido um ingresso, apenas 16% dos democratas e democratas afirmam que sim.

Observação: veja os resultados e a metodologia completos da linha superior.

Facebook   twitter