As preocupações globais com a corrupção estão aumentando

Notícias recentes da Tanzânia, México e China destacaram a corrupção como um problema importante para as pessoas em países emergentes e em desenvolvimento. Nossa pesquisa da primavera de 2014 confirma que as pessoas nesses países pensam que a liderança política corrupta é ummuitogrande problema e que também está crescendo. No entanto, poucas pessoas nesses países dizem que dar subornos é essencial para progredir na vida.

Em 34 economias emergentes e em desenvolvimento, uma média de 76% afirma que os líderes políticos corruptos são um grande problema em seu país. Isso está entre as principais preocupações nesses países, atrás apenas do aumento dos preços (84% do problema muito grande), do crime (83%) e da falta de empregos (79%). Regionalmente, as pessoas na África são as mais preocupadas com a corrupção, seguidas pelos latino-americanos.

As preocupações globais com a corrupção estão aumentando

Mas em um nível mais pessoal, o suborno, uma forma de corrupção mesquinha, nem sempre é visto como parte integrante do progresso em muitos desses países. Quando as pessoas são questionadas especificamente se é importante dar subornos para progredir na vida, poucas pessoas escolhem de 7 a 10 em uma escala de '0' a '10', sinalizando que, para muitos, dar subornos não é muito importante para o progresso.

No entanto, a importância do suborno é maior no Oriente Médio, onde 71% dizem que a corrupção é um problema muito grande. Uma média de 30% na região diz que dar subornos é importante para o avanço da vida. Isso inclui 43% na Jordânia e 36% na Tunísia. E na Ásia, uma mediana de 23% afirma isso, incluindo 38% na China. Menos na África (15%) e na América Latina (10%) concordam.

FT_Corruption_ConcernsEmbora as pessoas em países emergentes e em desenvolvimento concordem que líderes corruptos são um problema atual, mais pessoas também estão dizendo que a corrupção é um problema muito grande em comparação com pesquisas anteriores. Na verdade, nos 20 países pesquisados ​​em 2007 e neste ano, as preocupações com a corrupção aumentaram em 15. Os maiores aumentos estão na Malásia, Gana e Turquia. Mas as preocupações também aumentaram na Tanzânia, China e México nos últimos sete anos. Pelo contrário, as preocupações com a corrupção caíram significativamente na Polónia desde 2007. Mas, no geral, os dados apontam para a corrupção como o maior problema na maior parte do mundo, e também um problema crescente.

Facebook   twitter